EVENTOS

 

PRÓXIMAS EXIBIÇÕES EM 2015

 

Junho (em data e local a anunciar)

Vila Verde, concelho de Braga, recebe a exposição, por iniciativa da Escola Profissional Amar Terra Verde.

 

 

Maio (em data e local a anunciar)

O Alfabeto do Desenvolvimento participará na Semana do Desenvolvimento, promovida pela Plataforma Portuguesa das ONGD, no âmbito das comemorações do Ano Europeu do Desenvolvimento.

Seguidamente, estará patente na Biblioteca de Elvas, numa colaboração com o Centro de Informação Europe Direct do Alto Alentejo.

 

20-24 Abril

Externato de Penafirme (Torres Vedras), no âmbito do Ano Europeu para o Desenvolvimento

2-16 Março

Biblioteca Municipal de Ourique. Debate a 14 de Março, pelas 16 horas,

com apresentação do livro 27 Acrobacias sobre (quase) a mesma coisa,

Numa colaboração entre a Biblioteca Municipal de Ourique e a ESDIME – Agência para o Desenvolvimento Local do Alentejo Sudoeste

APRESENTAÇÕES JÁ REALIZADAS EM 2015

 

10 a 18 Fevereiro - Gualtar

A exposição esteve na Biblioteca Geral da Universidade do Minho, em Gualtar - Braga, por iniciativa

do Instituto de Educação da Universidade do Minho (ver mais informação aqui e aqui).

5 a 8 de Fevereiro - Seixal

No âmbito do VIII Encontro Intercultural Saberes e Sabores, o Alfabeto esteve no Seixal, numa colaboração com a Câmara Municipal do Seixal.

 

 

28 Janeiro a 4 Fevereiro - Braga

Pela primeira vez em Braga, a exposição esteve patente no Centro de Recursos para a Cooperação para o Desenvolvimento da Universidade do Minho, enquadrado nas actividades do Ano Europeu para o Desenvolvimento daquele Instituto. (mais informações aqui e aqui).

16 a 31 Janeiro - Aljustrel

Em périplo pelo Alentejo, o Alfabeto passou por Aljustrel, numa colaboração com a Biblioteca Municipal da cidade (mais informação aqui).

 

 
APRESENTAÇÕES REALIZADAS EM 2014

 

12 Outubro a 8 Novembro - Castro Verde

Em colaboração com a ESDIME – Agência para o Desenvolvimento Local do Alentejo Sudoeste, a mostra esteve em Castro Verde, no 7 Arte Café. No dia 7 de Novembro, o Alfabeto deu o mote para uma tertúlia em torno das questões do Desenvolvimento (mais informação aqui).

 

 

10 a 14 Fevereiro - Arraiolos

A convite da ONGD Monte ACE - Desenvolvimento do Alentejo Central, a exposição foi exibida no Agrupamento de Escolas de Arraiolos.

 

 

APRESENTAÇÕES REALIZADAS EM 2013

 

10 a 20 Dezembro - Évora

A ONGD Monte ACE - Desenvolvimento do Alentejo Central organizou a exibição da mostra no Colégio de Espírito Santo, em Évora. A exposição foi inaugurada a 10 de Dezembro, no âmbito de um seminário.

2 a 30 Novembro - Porto

O Espaço Mira Fórum, no Porto, acolheu a exposição ao longo do mês de Novembro.

3 a 17 Outubro - Lisboa

No final de 2013, a exposição esteve nos corredores da Assembleia da República, em Lisboa, procurando ir ao encontro dos deputados portugueses. Na inauguração da exposição, a 3 de Outubro, organizou-se um debate que contou com a participação da deputada Mónica Ferro, coordenadora do Grupo Parlamentar sobre População e Desenvolvimento; da deputada Ana Catarina Mendes, vice-presidente da Comissão Parlamentar de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas; da Presidente da ACEP, Fátima Proença e do Presidente do CEsA/ISEG, António Mendonça.

17 a 30 Junho - São Tomé

São Tomé

O Alfabeto do Desenvolvimento esteve patente no Centro Cultural Português, em São Tomé (São Tomé e Príncipe).

 

15 Janeiro a 15 Março​ - Bissau

A cidade de Bissau inaugurou a itinerância internacional do Alfabeto do Desenvolvimento. Na apresentação da exposição, na Casa dos Direitos, participaram Pedro Rosa Mendes (jornalista e investigador), Luís Vaz Martins (presidente da LGDH), Fátima Proença (presidente da ACEP). Mais informação disponível aqui.

4 a 27 Fevereiro​ - Setúbal

A exposição esteve patente no átrio principal da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, numa colaboração entre os promotores do projecto e a instituição de ensino superior.

 

 

APRESENTAÇÕES REALIZADAS EM 2012



17 a 23 Dezembro - Faro

Na sua itinerância pelas universidades, o Alfabeto esteve na Universidade do Algarve (UAlg), numa colaboração com a ESEC/UAlg. A 20 Dezembro, foi organizado um debate, no Auditório Paulo Freire, que contou com a partcipação de estudantes e docentes da instituição.

10 a 14 Dezembro - Tavira e S. Brás de Alportel
A discussão do Alfabeto do Desenvolvimento em São Brás de Alportel passou por conceitos existentes no livro, bem como por alguns temas centrados na realidade dos concelhos de São Brás de Alportel e de Tavira, e outros ainda que ultrapassam fronteiras. Foram convidadas quatro mulheres para a discussão - duas que coordenam os contratos locais de Desenvolvimento Social, também a proprietária da Quinta do Freixo, a maior exploração agrícola do Algarve, e uma das fundadoras da Associação In Loco.

3 a 9 Dezembro - Palmela
O Mercado Municipal de Pinhal Novo foi o espaço escolhido para a passagem do Alfabeto do Desenvolvimento pelo concelho de Palmela. Em vez do habitual debate, a organização em Palmela sugeriu a realização de uma tertúlia, adaptando o Alfabeto do Desenvolvimento à realidade do concelho e valorizando os conceitos maioritariamente positivos. No final, os participantes defendiam estar perante um "manual para sociedades felizes".

26 a 30 Novembro - Lisboa

A exposição regressou a Lisboa, desta vez com passagem pelo Instituto Superior de Economia e Gestão, instituição de acolhimento do Centro de Estudos sobre África, Ásia e América Latina (CEsA/ISEG, parceiro no projecto). O debate foi dinamizado pelo vice-Presidente dos Assuntos Científicos do ISEG, José Pereirinha, o vice-presidente do CEsA/ISEG Carlos Sangreman, o jornalista da RDP Ricardo Alexandre e a directora da ACEP, Fátima Proença.

19 a 25 Novembro - Santarém

Na passagem pela Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém, foi proposta aos alunos a realização de trabalhos em torno dos conceitos de Desenvolvimento. Os alunos dos 2.º e 3.º anos de Animação Cultural e Educação Comunitária, bem como o 3.º ano de Educação Social aceitaram o desafio. Os trabalhos desenvolvidos pelos alunos podem ser vistos aqui e aqui. Outros conceitos: Água/Qualidade, Bem-Estar/Liberdade, Liberdade, Transparência e Voz.

12 a 17 Novembro - Leiria
Na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais, do Instituto Politécnico de Leiria, o Alfabeto do Desenvolvimento foi discutido em ambiente de aula, e contou com a participação de mais de 70 alunos e professores da instituição. A ética das imagens e do papel da comunicação foram questões centrais do debate.​

um pouco mais sobre você.

5 a 10 de Novembro - Aveiro
A exposição passou também pela Universidade de Aveiro (UA), e contou com um debate que envolveu professores e várias dezenas de alunos da instituição. A mesa de debate contou com a presença do reitor da UA, Prof. Manuel Assunção, e do investigador Prof. Carlos Jalali.

29 Outubro a 4 Novembro - Coimbra​
A passagem por Coimbra contou com a parceria do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. A exposição esteve patente à entrada da Biblioteca Centro Norte Sul da instituição.

22-28 Outubro - Covilhã

A exposição iniciou a sua itinerância pelo país com a passagem pela Universidade da Beira Interior, numa parceria com o 2.º ciclo em Empreendedorismo e Serviço Social da UBI.

O debate foi dinamizado pelo Prof. Alcides Monteiro (autor do texto académico sobre Rede); Graça Rojão, da ADL CooLabora; e Fernando Paulouro, director do Jornal do Fundão.

3-12 Outubro - Lisboa

A primeira apresentação pública do projecto realizou-se em Lisboa, a 3 de Outubro de 2012, e contou com a participação do Dr. Emílio Rui Vilar.