Ao passar por um dos bairros de Bissau, procuro retratar as pessoas no mais simples dia-a-dia, sem compor a imagem. Esta criança, como muitas outras e adultos, não tem água canalizada. Mas isso não a impede de cuidar de si, há um balde, há água e junta o prazer de se refrescar.